Em Saúde mental

Alimentação Saudável e memóriaA memória talvez seja o recurso mais valioso da nossa cognição. De tarefas simples até os afetos, aprendizados e hábitos mais valiosos em nossas vidas, a saúde da memória afeta profundamente como vivemos. Acompanhe nosso artigo para entender aspectos que podem agravar diretamente na saúde da memória, possíveis tratamentos e os benefícios da boa alimentação neste contexto.

A perda de memória pode começar de repente ou se aproximar lentamente ao longo do tempo. Assim como você pode esquecer-se de um único evento do presente ou do passado, ou muitos de uma vez só.

Também pode acontecer da condição se manifestar pela dificuldade em aprender coisas novas ou fazer novas memórias, tudo isso de maneira permanente ou temporária.
Em relação às circunstâncias e hábitos que contribuem para tal quadro, podemos citar alguns:

  • Medicamentos;
  • Drogas lícitas e ilícitas;
  • Privação de sono;
  • Deficiência nutricional;
  • Condições psíquicas e emocionais.

Neste último item, podemos ressaltar o estresse causado por traumas emocionais, que pode afetar diretamente na capacidade de memorização a curto ou longo prazo. A depressão também prejudica a habilidade de concentração, lembrar-se de eventos ou mesmo aprender coisas novas.
O tratamento específico para a perda de memória vai depender do diagnóstico de sua causa. Se causada por medicamentos, uma mudança nestes deve resolver.

Da mesma forma, quando o motivo for um quadro de depressão clínica, o tratamento com medicação adequada também lidará com a questão da perda de memória.

Para todos os tratamentos, manter hábitos saudáveis sempre é um ponto chave na manutenção do bem-estar da saúde como um todo. Desta forma, podemos citar alguns nutrientes e minerais especialmente recomendados no auxílio de tratamentos da memória:

Vitamina B12:

Sua deficiência está diretamente associada à perda de memória e outras funções do sistema nervoso central e periférico. É uma vitamina que atua diretamente na saúde do sistema nervoso de maneira geral.

Hoje, a vitamina B12 só está “naturalmente” disponível em alimentos de origem animal. Para tanto, caso o objetivo seja uma ingestão maior a fim de auxiliar no tratamento da memória, é possível suplementar quantidades maiores de maneira muito tranquila.

Ácidos graxos e ômega-3:

As gorduras saudáveis e o ômega-3 são responsáveis por proteger o bom funcionamento geral do cérebro, entre uma infinidade de outros benefícios para o organismo.

Alimentos como peixes, óleos vegetais prensados a frio – como o azeite de oliva extra virgem, nozes e frutas secas são exemplos de alimentos com gorduras saudáveis que estimulam a saúde da memória e auxiliam no seu tratamento.

Antioxidantes:

Presentes em abundância em frutas vermelhas e também na vitamina C de frutas cítricas, os antioxidantes têm o poder de reduzir a perda de memória oriunda do envelhecimento e seu declínio mental natural.

Mirtilos, amoras, morangos, framboesas, ameixas além de limão, acerola, laranja, maracujá, são exemplos de frutas com esse nutriente em plena disponibilidade.

Prefira frutas da estação!

Para qualquer sintoma de anormalidade no desempenho da memória, seja você jovem ou na terceira idade, consulte um médico especialista aqui na LevMind e previna quaisquer danos futuros.

Acompanhe a saúde de um dos mecanismos mais importantes para a humanidade, a memória, com um atendimento exclusivo e atencioso conosco. Não deixe para depois, agende sua consulta na LevMind!

Posts recentes

Deixe um comentário