Envolver a família em terapia é mais que uma questão técnica, trata-se de uma forma de compreender que os problemas surgem e se resolvem sob a influência das relações interpessoais e ambientais, principalmente no âmbito da família.

A abordagem cognitivo-comportamental às família inclui a premissa de que os membros de uma família simultaneamente influenciam e são influenciados uns pelo outros. Assim sendo, o comportamento de um membro desencadeia comportamentos, cognições e emoções em outros membros, que, por sua vez, provoca reações cognitivas, comportamentais e emocionais no membro original.

Constelação Familiar

Constelação Familiar é um método psicoterapêutico recente, com abordagem sistêmica não empirista, ou subjetiva, desenvolvido pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger.

Hellinger descobriu alguns pontos esclarecedores sobre a dinâmica da sensação de “consciência leve” e “consciência pesada”, e propôs uma “consciência de clã” (por ele também chamada de “alma”– no sentido de algo que dá movimento, que “anima”), que se norteia por “ordens” arcaicas simples, que ele denominou de “ordens do amor”, e demonstrou a forma como essa consciência nos enreda inconscientemente na repetição do destino de outros membros do grupo familiar.

Terapia Familiar em Curitiba - LevMind

1 – a necessidade de pertencer ao grupo.
2 – a necessidade de equilíbrio entre o dar e o receber nos relacionamentos.
3 – a necessidade de hierarquia dentro do grupo.

As “ordens do amor” são forças dinâmicas e articuladas que atuam em nossas famílias ou relacionamentos íntimos. Percebemos a desordem dessas forças sob a forma de sofrimento e doença. Em contrapartida, percebemos seu fluxo harmonioso como uma sensação de estar bem no mundo.

41 3328-1183 – Agende sua consulta em nossa clínica de Psiquiatria
41 9 9876-9777 – Entre em contato pelo WhatsApp

[email protected]

Endereço:
Avenida Cândido de Abreu 70, Sala 701 – Centro Cívico – Curitiba | PR