Em Transtornos Alimentares

transtornos alimentaresDietas alimentares são um fenômeno muito comum em nossa sociedade. Você mesmo já deve ter feito uma dieta ou reeducação alimentar ao menos uma vez na vida, não é mesmo? O sedentarismo, o nosso estilo de trabalho (geralmente sentados o dia inteiro), o excesso no consumo de alimentos muito gordurosos e com grande quantidade de açúcar. Tudo isso colabora para que muitas pessoas fiquem acima do peso.

Mas esses fatores não são os únicos que podem causar problemas com peso. Você sabia que boa parte dos transtornos alimentares estão diretamente relacionados à saúde mental? É verdade. Obesidade, bulimia e anorexia, por exemplo, estão completamente relacionadas a saúde da nossa mente. Vamos entender cada um deles agora.

Obesidade

Podemos dizer que a obesidade é o acúmulo de gordura que acontece tanto na camada subcutânea como ao redor dos órgãos. Ela é causada pelo consumo excessivo de alimentos, principalmente os gordurosos, com açúcar ou com muito carboidrato (que se transforma em açúcar). Em boa parte dos casos, o consumo excessivo de alimentos é causado por ansiedade, depressão, estresse etc. Ou seja, problemas diretamente relacionados à saúde mental.

Bulimia

No caso da bulimia, a pessoa faz uma ingestão exagerada de alimentos, mas tem um sentimento de culpa por isso, com um sentimento de descontrole da sobre a própria alimentação. Por conta disso, ocorrem episódios de vômitos induzidos e uso excessivo de laxante para evitar o ganho de peso. A bulimia é um transtorno alimentar que também deve ser tratado com o acompanhamento de um psicólogo e de um psiquiatra.

Anorexia

Quem sofre de anorexia, apresenta um medo enorme de ganhar peso. Assim, mesmo quando já está abaixo do peso ideal, continua realizando dietas rigorosas e intermináveis. É um transtorno alimentar muito perigoso que, pela privação de alimentos, pode causar doenças sérias como anemia. O tratamento com um profissionais de psiquiatria e psicologia são os mais indicados.

Profissionais da saúde podem ajudar

Se você sofre de um desses transtornos ou conhece um amigo ou familiar que esteja nesta situação, o melhor é procurar ajuda de profissionais da saúde. O acompanhamento de um psiquiatra, de um psicólogo e um nutrólogo fazem toda a diferença para a recuperação do paciente. É muito difícil superar um quadro desses sem o auxílio de um profissional experiente.

Posts recentes

Deixe um comentário